Giro por Paris!

Padrão

Transfer para o aeroporto confirmado, aula de manhã em Giverny e de tarde em Versailles compradas (sem pensar nas faturas de cartão de crédito, senão enlouqueço), sigo para minhas andanças em Paris.
Comecei por um tour panorâmico começado em frente ao Louvre passando pela Pont-Neuf, Notre-Dame, Musée d’Orsay, Concorde, Champs-Élysées, Trocadéro, Tour Eiffel, Esplanade des Invalides, Museu Rodin, Madeleine e Ópera Garnier.
Tentei visitar o Ópera Garnier, mas era dia de espetáculo e estava fechado para visitas. Se tivesse chegado um pouco mais cedo até conseguiria. Como não faltam atrações em Paris, fui direto para o boulevard de Clichy, onde fica o Moulin Rouge. Tirei algumas fotos, subi a rua Lepic para almoçar no Café des Deux Moulins, do filme Amelie Poulain. Boa comida, suficiente para suportar minhas andanças e a subida até a Sacre-Couer. Escadas, escadas, escadas… Não utilizei o funicular, muita fila.
A fachada da igreja é muito bonita e bem cuidada, como todos os monumentos de Paris. Não são permitidas fotos no interior e o silêncio é realmente respeitado.
Dali peguei o metro para visitar a Catedral de Notre-Dame. O interior é impactante. Não me dei conta de quanto tempo passei lá dentro. A torre estava fechada, só havia aberto pela manhã. Mas estava satisfeita.
Passeei pela margem do rio em direção ao metrô. Rendi-me às pinturas, livros e posters vendidos nos tradicionais stands verdinhos de madeira. Para minha surpresa, estava numa das paradas do ônibus panorâmico. Por que ir de metrô?! Desci na Champs-Élysées, em frente a Virgin, minha perdição! Comprei CDs e um livro. O destaque na livraria era o lançamento do novo romance da autora do Harry Potter, mas não comprei. Ainda não me sinto com francês o bastante para romances mais longos.
Agora, continuando o caminho da perdição, vamos aos perfumes. A Sephora é gigante e para mim parecia ter letreiros tão chamativos quanto o Moulin Rouge à noite! Fiz a festa! Ganhei vários brindes e saí com uma mistura sufocante de fragrâncias. Caminhei em direção ao Arco do Triunfo, tirei algumas fotos e comprei mais algumas coisinhas.
Decidi encarar minha última escadaria do dia para acessar o terraço do imponente Arco. Valeu cada degrau! Já passava das 21 horas, decidi pegar o metrô e ir pro hotel arrumar minhas malas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s