Último dia em Munique

Padrão

Dei-me ao luxo de dormir até mais tarde hoje. Chuva e frio não eram convidativos para sair e eu nem tinha muita coisa mais a ver ou fazer em Munique além da Oktoberfest, pois já havia percorrido os pontos turísticos mais importantes nos dias que se passaram.
Se existisse a possibilidade de mudar minha passagem para Paris, mudaria correndo e abriria mão desse dia aqui.
Minha tentativa de dormir pesadamente um pouco mais foi em vão e já estava desperta às 7 da manhã. Porém, não me levantei e fiquei no meu edredom quentinho. Lá fora chove bastante e isso me tira o ânimo.
Depois do café da manhã, voltei para o quarto e preparei em detalhes o meu roteiro em Paris. Precisava verificar as linhas de metrô que deveria pegar para fazer tudo que pretendia; definir o que fazer e quando; o que poderia ser combinado; etc. Não tive tempo de fazer isso antes de sair do Brasil e esse é o momento.
Às 12 horas tive que deixar o meu quarto e colocar minhas malas no bagageiro, coisa que detesto. Sempre prefiro pagar por mais uma diária para ainda ter certo conforto. Mas em época de Oktoberfest foi impossível.
Saí em rumo a Oktoberfest. Se ainda estivesse chovendo e os galpões das cervejarias lotados, ia visitar algum museu. Ficar na chuva e no frio por cerveja era demais pra mim. Depois de minha bela caminhada até Festwiese, a chuva já havia dado uma trégua.
Como já esperava, os pavilhões das cervejarias já estavam lotados e me restava as mesas do lado de fora, os Bier Garten.
Numa tentativa de acessar uma dessas áreas lotadas, conheci um grupo formado por 3 brasileiras e 2 americanos. Pessoas bem humoradas e com o objetivo de se divertirem curtindo a festa. Era a primeira vez deles na Oktoberfest e o primeiro dia também.
Depois de boa espera, algo que não aconteceu nos outros dias, entramos. Nos divertimos bastante. Boa parte da animação proporcionada por um grupo de holandeses, nossos melhores amigos de infância, mas a chuva me espantou e voltei ao hotel para fazer hora e pegar minhas malas. Liguei para casa, vi meus e-mails, falei com amigos no Brasil e aqui estou na estação. Ainda falta 1 hora e meia para o trem. Estou com frio e não vejo a hora de sair daqui.
Não posso dizer que minha estada em Munique foi ruim, ou que não gostei da cidade e de suas atracões. Apenas penso que poderia ter ficado menos tempo. Tendo em vista que meu próximo destino é Paris. Tenho milhões de coisas pra fazer por lá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s