Manhã tensa em Munique. Museu BMW. Allianz Arena.

Padrão

Acordei às 6:30 e me dei conta que havia deixado meu casaco no taxi na noite anterior. Junto com ele, no bolso, ficaram 50€, meu único dinheiro. Me organizei, paguei pela internet do hotel (€11) com moedinhas e fui caçar um caixa eletrônico. Andei a vida! E num frio danado. O tempo estava péssimo. Depois de um dia de calor, a temperatura baixou muito.
Como já estava andando e não achei taxi, metrô tinha que fazer baldeação, me aventurei chegar a estação central à pé para o passeio aos castelos da região. Claro que não deu tempo. Porque depois de chegar a estação, como achar a tal loja, ponto de embarque para o passeio? 15 minutos depois da hora marcada, achei o lugar, que não ficava nada perto de onde eu pensava que fosse. Verifiquei a possibilidade de fazer o passeio no dia seguinte e não tive problemas, mas terei que estar no tal ponto às 8 da manhã. Como já havia acordado cedo mesmo e a cidade só acorda para turistas às 10h, comprei um bilhete para city tour que me levaria ao Museu BMW e ao Allianz Arena. Ganhei o dia! Principalmente pela visita ao estádio. Para uma fã de futebol, visitar um estádio moderníssimo enche os olhos. Imaginem: a área reservada aos patrocinadores tem apenas 7m de distância do gramado e tem cadeiras acolchoadas. Muito legal!
Tenho certeza que a minha onda de azar da viagem já passou.

20120927-214051.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s